Entretenimento

Cupinzeiros iluminados por ‘filhotes’ de vaga-lumes parecem castelos de fadas

Um dos fenômenos mais bonitos da natureza é a bioluminescência, ou seja, a produção de luz por organismos vivos.

Ela é uma característica evolutiva que podemos contemplar nos vaga-lumes, nos insetos, no plâncton e nos animais invertebrados (como os incríveis anjos-do-mar).

Recentemente, uma espécie de vaga-lume deu um show de luzes bioluminescentes no Parque das Emas, no Mato Grosso do Sul.

FOTO: Alessandro Bearzi

A enorme unidade de conservação brasileira abriga incontáveis cupinzeiros que servem de abrigo para os vaga-lumes depositarem seus ovos. Quando as larvas nascem, emitem luzes verdes que brilham intensamente durante a noite.

Os cupinzeiros, intensamente iluminados, adquirem o aspecto de verdadeiros reinos encantados. Dá só uma olhada:

Essas incríveis fotografias foram capturadas pelo fotógrafo Alessandro Bearzi, que recebeu autorização prévia para filmar no Parque das Emas.

FOTO: Alessandro Bearzi

“Acredito que este fenômeno raro só acontece no Parque Nacional das Emas, sempre entre outubro e dezembro, especialmente no início do período das chuvas. Sem dúvida é uma beleza fantástica que vale a pena conhecer, desde que acompanhado de guias treinados”, disse o pesquisador Keyler Simey Garcia Barbosa, para o Campo Grande News.

Veja o vídeo:

SorocabaniceS
the authorSorocabaniceS