Nas redes sociais, a mulher diz que a morte do cãozinho teria sido um “sacrifício” pelo mau comportamento dele, que roía objetos em casa; veja o vídeo abaixo

FONTE: METRÓPOLES – Um vídeo que circula na internet tem causado indignação, principalmente de entidades ligadas à proteção dos animais. O conteúdo da publicação é o depoimento de uma mulher, identificada como Darla Ester Farina, que assume ter matado o próprio cão Duque, enforcado.

Darla afirma que a morte do animal foi um “sacrifício” pelo mau comportamento dele. “Estava me dando muito prejuízo”, diz a mulher durante o vídeo. O caso aconteceu em São Paulo.

O método escolhido para ceifar a vida do cãozinho, segundo a jovem, teria sido uma segunda opção. Em um primeiro momento, Darla pretendia envenenar o animal, mas, nas filmagens, detalha que resolveu enforcar o pet por não ter veneno em casa.

Darla matou o cachorrinho e confessou o crime

A mulher afirma que matou o filhote porque ele fazia xixi no seu colchão e mordia vários objetos pela casa. “Colchão é caro”, tenta justificar.

Veja o vídeo abaixo: