NOVO SISTEMA DE TRANSPORTE DE ÔNIBUS DA CIDADE FARÁ INTEGRAÇÃO DOS CORREDORES EXPRESSOS, ESTRUTURAIS E ALIMENTADORES

Passageiros poderão acessar os veículos BRT por meio de terminais, estações e pontos.

A reorganização da malha de transporte da cidade com a chegada do BRT (Bus Rapid Transit), novo sistema de transporte coletivo de Sorocaba, permitirá que a população se locomova embarcando de diferentes pontos da cidade em ônibus que percorrem as vias expressas BRT, as estruturais e as alimentadoras. A nova rede terá pontos de acesso aos veículos BRT entre terminais, estações e pontos de parada.

Os corredores expressos BRT serão três (Itavuvu, Ipanema e o Oeste – nas avenidas General Carneiro e Armando Pannunzio) e neles circularão somente os veículos BRT. Os ônibus farão suas viagens sempre na faixa à esquerda junto ao canteiro central. A faixa da direita ficará liberada, facilitando o dia-a-dia dos motoristas para fazer a conversão desse lado da via. Dessa forma, os estabelecimentos comerciais também ganharão mais visibilidade.

O passageiro que embarcar nos corredores expressos BRT entrará no ônibus sempre pelo lado esquerdo em pontos de parada que ficam a 95 cm de altura e em nível com o veículo. Esse tipo de embarque ajuda a dinamizar o fluxo e permite o fácil acesso de todos, inclusive, pessoas idosas, gestantes ou com necessidades especiais.

O Diretor da Concessionária, Luiz Alexandre Massariol, destaca que o sistema BRT dará mais agilidade às viagens. “Organizamos os corredores para que tenham melhor eficiência de operação, rapidez nos deslocamentos e previsibilidade. As pessoas poderão se programar melhor e saberem o tempo necessário para fazer o trajeto de um lugar para o outro”.

Os corredores estruturais são seis: Centro (parte da Av. Moreira Cesar, Rua Cesário Mota, Rua São Bento, Rua Souza Pereira, Rua Dr. Alvares Soares, Rua Sete de Setembro, Rua Miranda Azevedo, Rua Padre Luiz, Rua Sta. Clara, parte da Av. Juscelino Kubitscheck e Rua Leopoldo Machado), Comendador Hermelino Matarazzo, Comendador Oeterer, General Osório, Leste (Av. São Paulo) e Sul (trechos das avenidas Comendador Pereira, Washington Luiz e Antônio Carlos Comitre até o limite entre Sorocaba e Votorantim. São corredores já existentes que passarão por padronização dos abrigos de parada e requalificação do asfalto. Nesses corredores, transitarão os ônibus do atual sistema pela faixa da direita. O embarque será pela porta da direita, a 28 cm de altura, alinhado com o nível das calçadas nos abrigos de parada. Os corredores estruturais não são exclusivos do BRT. Neles também circularão ônibus de outras empresas do transporte coletivo.

E, por fim, as linhas alimentadora que circulam nos bairros facilitarão a chegada dos usuários até os corredores. Elas compõem o atual sistema de transporte da cidade e a sua cobertura será mantida. A única mudança será o aumento da capilaridade de trajetos nos bairros para facilitar a chegada das pessoas para o embarque no BRT.

Se o passageiro estiver em seu bairro, por exemplo, será atendido por um veículo que roda nas linhas alimentadoras e o levará até um terminal ou estações de integração. Estes, por sua vez, permitirão o acesso aos ônibus dos corredores BRT e estruturais. Os corredores expressos BRT conduzirão o ônibus até o centro da cidade ou de ponta a ponta em determinados corredores.

O BRT realizará os deslocamentos e reduzirá o tempo de espera e de viagem. Esse circuito será monitorado e por meio de painéis informativos os usuários acompanharão nos terminais, estações preferenciais BRT e nos abrigos de parada quanto tempo falta para a chegada do ônibus.

Projeto BRT Sorocaba

O BRT é um sistema de mobilidade urbana moderno que oferecerá conforto, segurança e eficiência, tornando os deslocamentos mais rápidos do que os atuais. Ele permitirá maior mobilidade devido às faixas exclusivas de ônibus, o que possibilita uma viagem com mais agilidade e que atende às necessidades da população. Outra novidade é o embarque em nível, que facilita o deslocamento de todos, em especial pessoas idosas e cadeirantes. Os passageiros terão a comodidade de acessar 28 estações preferenciais, 4 estações de integração, 3 novos terminais e 96 pontos de parada, permitindo ainda a integração com os Terminais Santo Antônio e São Paulo, com as seis áreas de transferências e a integração temporal entre diferentes linhas.