Brasil

Grávida de oito meses é morta a facadas por ex-marido na Zona Norte de São Paulo

Uma mulher grávida de oito meses foi morta a facadas pelo ex-marido. O crime aconteceu na última sexta-feira, 22, no bairro de Vila Medeiros, em São Paulo. Segundo informações do G1, o criminoso fugiu e ainda não foi localizado.

Câmeras de segurança registraram os momentos da violência. A mulher corre na rua tentando fugir do criminoso, mas ele a persegue e empurra. Ao cair, ela atacada e o homem sai correndo em seguida.

A mãe e o bebê não resistiram aos ferimentos.
A grávida chegou a pedir ajuda em uma igreja, mas, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), quando Samu chegou ao local a mãe e o bebê já estavam mortos.

A violência contra mulher é um problema recorrente no Brasil, país considerado o 5º que mais mata mulheres no mundo.

Você sabe o que é feminicídio?
O feminicídio é o homicídio de mulheres em função do gênero. Ou seja, a morte pelo simples fato de ser mulher. Normalmente, é o último estágio de um ciclo de violência que começa, por exemplo, pela:

Violência doméstica ou familiar
Esse tipo de crime é um dos mais comuns no Brasil, praticado por pessoas conhecidas da vítima, como parceiros, ex-parceiros ou familiares.

Não é só a agressão física que configura um crime de violência doméstica. A agressão moral, patrimonial e psicológica também são enquadrados neste tipo de ocorrência.

O feminicío, neste caso, é visto como o último estágio do ciclo de violência doméstica, quando situação chegou ao ponto mais extremo e teve como fim a morte de uma mulher.