Sorocaba

Sorocaba apresentará ações de Educação Ambiental em encontro nacional no Pará

 

A educadora da Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), Viviane Rachid, está participando nesta semana do II Encontro sobre uso público em Áreas Protegidas, na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém (PA). A servidora apresentará ações de Educação Ambiental desenvolvidas em um dos parques ecológicos de Sorocaba: o Parque Água Vermelha “João Câncio Pereira”.

Organizado pelo Grupo de Pesquisa “Áreas Protegidas da Amazônia: usos e sustentabilidade”, em conjunto com a Faculdade de Turismo da UFPA, o evento tem como objetivo reunir docentes, pesquisadores, discentes, gestores e sociedade civil para discutir o uso público de áreas protegidas na perspectiva da sustentabilidade, do uso turístico e do lazer. O encontro conta com mesas-redondas, conferências, lançamento de livros, apresentações culturais e de trabalhos acadêmicos em uma perspectiva interdisciplinar, além de exposição de produtores locais. 

Viviane Rachid participará na sexta-feira (22), às 9h, da conferência “Educação Ambiental Não Formal em Áreas Protegidas: (re) conectando pessoas à natureza” e, no período da tarde, apresentará três trabalhos de Educação Ambiental: o Clubinho do Refúgio, o Covaes Kids (Clube Infantil de Observadores de Aves) e o curso de férias sobre os povos indígenas.

A Educação Ambiental é uma das frentes de atuação da Secretaria do Meio Ambiente, que ocorre  durante o ano todo em parques ecológicos e outros espaços públicos de Sorocaba para sensibilizar pessoas de todas as idades, através do conhecimento, a respeito de assuntos relacionados ao meio ambiente.

O Coaves Kids é realizado mensalmente com o objetivo de reunir crianças para observar as aves em seu habitat natural como uma prática divertida e educativa, ensinando a elas um pouco sobre as características de algumas das espécies, suas curiosidades e papel ecológico, além de incentivar o contato com a natureza. A atividade ocorre através de uma parceria entre a Sema e o Clube de Observadores de Aves de Sorocaba (Coaves).

O Clubinho do Refúgio é formado por crianças de 4 a 10 anos que participam da Associação Nova Geração e se reúnem às terças-feiras, durante o ano todo, no Parque da Água Vermelha, para a promoção de atividades que reforçam a importância da conservação natureza, fomentando a sensibilização nos pequenos, além de estreitar as relações sociais e formar agentes multiplicadores das questões ambientais.

Já o curso de férias apresentado no encontro nacional ocorreu em janeiro deste ano no parque com o tema “Povos indígenas: de olho na floresta”, numa parceria com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). As crianças aprenderam sobre a cultura indígena e em especial a da tribo dos Kuikurus, que é uma das 14 etnias existentes no Parque Nacional do Xingu, suas relações com a floresta e o rio, casa, alimentação, farmácia, brincadeiras de criança, histórias/mitos, vestuários e as diferentes atividades que realizam destacando a sua língua.

O Parque da Água Vermelha foi inaugurado em 1990 e possui uma área protegida com cerca de 20 mil metros quadrados, com lagos e uma área verde onde vivem muitos animais, como cágados, pica-pau e garças. O espaço ecológico está localizado na rua România, 150, no Jardim Europa, e funciona de terça a domingo, das 8h às 17h. A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3221-6643.

To Top