Início Comportamento Descongestionante nasal pode viciar

Descongestionante nasal pode viciar

469
0

Um problema que incomoda crianças e adultos também: nariz entupido. Esse sintoma é super comum com o frio, a mudança brusca de temperatura, resfriados. E uma das formas de aliviar esse incômodo é usando o descongestionante nasal. Mas você sabia que ele pode viciar? Quem explica é o otorrinolaringologista João Ferreira de Mello Junior.

Uso contínuo do descongestionante nasal traz consequências para saúde
Conheça os efeitos do uso exagerado de descongestionantes nasais
O vício é muito difícil de tratar, por isso a melhor dica é: não usar. E se usar, nunca ultrapasse cinco dias. O otorrino explica que o descongestionante traz muito alívio para a pessoa, entretanto “a dependência é uma questão bastante complicada. O descongestionante tem venda livre e seu uso contínuo pode causar o que os médicos classificam de rinite medicamentosa”.

Segundo o especialista, o uso contínuo do remédio pode provocar um efeito rebote. Depois de uma semana de uso, ele passa a diminuir o tempo de efeito e, quando o efeito acaba, o nariz volta mais entupido do que antes.

Os medicamentos que causam dependência são os vasoconstritores tópicos. Eles costumam se apresentar como os nomes de cloridrato de nafazolina, cloridrato de oximetazolina e cloridrato de xilometazolina.

Acha que está viciado? Então você precisa procurar ajuda médica. O desmame depende de cada caso. Fora a dependência física, temos também a dependência psicológica, pois algumas pessoas não conseguem ficar sem pingar nada no nariz.

Não consegue ficar sem pingar alguma coisa no nariz? Use o soro fisiológico para limpar o nariz. Existem também outras soluções nasais, como as com corticoide, mas nenhuma delas causam dependência. Somente as vasoconstritoras têm esse problema.

O que é rinite?

Você sabe o que é rinite? É uma inflamação ou disfunção da mucosa nasal, que desencadeia em obstrução nasal, coceira, coriza e espirros. Como todas as rinites provocam o entupimento do nariz, quem tem a inflamação provavelmente usa descongestionante.

Rinite: conheça os tipos e quais os tratamentos

A rinite pode ter cura, mas depende do tipo. A infecciosa é provocada pela gripe e resfriado. Já a não infecciosa é a alérgica e a irritativa, que tem como uma das principais causas a poluição do ar. Uma rinite causada por irritantes, como a poluição, é curável. Já a alérgica tem tratamento.