Sorocaba

Romaria de Aparecidinha em Sorocaba leva mais de 50 mil pessoas ao Santuário

A Prefeitura de Sorocaba montou um esquema especial com serviços de várias secretarias municipais para atender os fiéis

Mais de 50 mil pessoas de Sorocaba e cidades vizinhas – de acordo com estimativas dos organizadores -, acompanharam desde as primeiras horas da manhã deste domingo (14), a 121ª edição da tradicional Romaria de Aparecidinha, que levou a imagem de Nossa Senhora Aparecida da Catedral Metropolitana ao Santuário de Aparecidinha.

Para dar tranquilidade aos romeiros, a Prefeitura de Sorocaba montou um esquema especial com serviços de várias secretarias municipais dando suporte aos milhares de fiéis nos mais de 12 km de caminhada que separam o centro da cidade do bairro, localizado na Zona Leste, disponibilizando segurança, ônibus extras, água potável, ambulância equipada com UTI, fiscalização, além dos serviços de manutenção.

As celebrações começaram às 5h com uma missa campal na Praça Cel. Fernando Prestes (centro) presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Sorocaba, Dom Júlio Endi Akamine, e pelos padres Tadeu Rocha Moraes e Carlos Alexandre da Silva, acompanhados por outros párocos.

Pouco antes das 6h, a imagem saiu da praça em direção ao Santuário, sendo seguida por milhares de fiéis nas ruas São Bento e Quinze de Novembro (centro). Chegando à avenida São Paulo, a imagem ficou por cerca de 10 minutos na Santa Casa de Misericórdia para as bênçãos aos enfermos e aos funcionários, e foi levada para o seu destino debaixo de cânticos e orações que reforçaram, mais uma vez, os pedidos de paz à nação.

A imagem de Nossa Senhora Aparecida chegou ao Santuário de Aparecidinha pouco antes das 11h, onde, novamente, aconteceu uma missa campal celebrada por Dom Júlio. Ao longo do dia, outras missas foram realizadas, inclusive na praça que fica em frente à igreja velha do bairro. Nos arredores da igreja foi realizada uma feira com vários produtos, além de salgados e doces.

Para os fiéis, a romaria tem um peso especial, como para Terezinha Jacinto, de 72 anos, que há 30 acompanha a procissão. “Para mim, não tem momento mais especial. Me preparo todos o anos para acompanhar a santa”, disse Terezinha, destacando que gostou dos serviços públicos que foram disponibilizados pela prefeitura.

Assim como a dona de casa, José Mario Lopes, de 59 anos, também professou sua fé durante a romaria, justificando que foi por uma promessa que se curou de uma doença. “Eu vim pela primeira vez sem acreditar muito, mas hoje venho pela fé mesmo”, disse o vendedor ambulante.

Prefeitura monta esquema especial

Foi com um esquema especial montado pela Prefeitura de Sorocaba, que o evento de fé e devoção levou, mais uma vez, aos fiéis a tranquilidade da romaria. O esquema contou com diversos serviços da prefeitura reunidos pela Secretaria de Gabinete Central (SGC), por meio da Ouvidoria Geral do Município, que participou do processo de organização dos trabalhos envolvendo as demais Secretarias como a de Conservação Serviços Públicos e Obras (Serpo), Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), Segurança e Defesa Civil, Saúde, Saneamento (Sesan), Saae-Sorocaba, Cultura e Urbes-Trânsito e Transporte, garantindo, mais uma vez, a tranquilidade dos devotos.

Os serviços de manutenção e patrolamento da rua Seiko Murakami e da avenida Três de Maio, além da capinação de guias e sarjetas nas principais vias, operação tapa buraco, pisos de paralelepípedos do bairro, remoção de gradis nas vias que terão a circulação de transporte alterado e intensificação da limpeza do banheiro do Cemitério Municipal Aparecidinha, foram trabalhos feitos pela Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras.

O Saae-Sorocaba disponibilizou diversas tinas com água potável para os fiéis, inclusive na Praça Coronel Fernando Prestes, local da concentração inicial. A Secretaria de Saneamento (Sesan), por sua vez, fez a colocação de contêineres em pontos estratégicos, coleta de lixo e varrição das ruas.

A Secretaria da Saúde (SES) também participou do evento colocando à disposição uma ambulância UTI, com aparelhamento completo, contando com um médico, uma enfermeira e um técnico de enfermagem na equipe de socorro, e a secretaria de Cultura disponibilizou inúmeros banheiros químicos ao longo do trajeto. A Secretaria de Saneamento (Sesan), colocou contêineres em pontos estratégicos ao longo do trajeto da romaria, assim como serviços de varrição e de coleta de lixo.

Já a segurança dos romeiros foi feita pela Secretaria de Segurança e Defesa Civil (Sesdec) que levou um forte aparato de viaturas e GCMs não só para o bairro da Aparecidinha, como também ao longo do trajeto, disponibilizando, inclusive, sua base móvel. Além disso, o setor de Fiscalização da prefeitura, vinculado à Sesdec levou um reforço ao bairro.

Já o trânsito no bairro da Aparecidinha, assim como os desvios nas principais passagens da imagem de Nossa Senhora Aparecida, foram feitos por agentes da Urbes – Trânsito e Transporte e da Secretaria de Mobilidade (Semob) que garantiram a segurança dos fiéis.

A Urbes também disponibilizou carros extras nos dois fluxos (centro/bairro e bairro/centro) para atender os romeiros.

Mais Lidas

To Top