Início Comportamento Cão acalma criança autista em momento de crise; vídeo emocionante

Cão acalma criança autista em momento de crise; vídeo emocionante

2736
0

Um vídeo emocionante tomou conta das redes sociais novamente, trata-se de um cachorro acalmando uma criança autista em um momento de crise; confira:

Cães Ajudam crianças autistas com Socialização.

A Universidade de Missouri nos EUA, realizou um estudo sobre a relação de crianças com autismo e cães, chegando a conclusão que crianças autistas que possuem um animal de estimação conseguem desenvolver maiores habilidades sociais que crianças autistas que não possuem animais de estimação.

Os pesquisadores entenderam que no caso dos cães em especial, a necessidade deles de expressar carinho e interagir ajuda as crianças a entender o toque, o carinho e a interação.

Os cães conseguem acalmar essas crianças e até adultos durante crises, impedindo que elas façam coisas como se machucar, pedindo atenção e carinho e dando carinho também, assim eles conseguem reduzir os níveis de estresse e se acalmarem.

Embora os Goldem Retivers e Labradores sejam as raças mais usadas para terapia, outras raças como Rottweilers e muitas outras podem ser usadas, os cães de grande e médio porte são os mais indicados já que costumam ter mais paciência com crianças, mas cães menores também podem cuidar de crianças com autismo.

O ideal é que esses cães sejam treinados para terapia com crianças, mas outros cães mesmo o cãozinho da família pode ajudar uma criança desde que seja um animal equilibrado, que possa brincar, que gosta de crianças e principalmente que tenha uma rotina equilibrada. Vale lembrar que até os gatos podem ajudar.

O autismo é em uma explicação bem simples, uma condição do sistema neurológico que se manifesta na infância e perdura por toda a vida. São vários níveis de autismo e muitas formas de manifestação, mas no geral, crianças com autismo possuem uma maior dificuldade em se socializar.

Os tratamentos para o autismo focam em tornar as crianças com autismo cada vez mais sociáveis e independentes, para que possam levar uma vida normal. E os cães se tornaram um dos auxílios mais eficazes nesse trabalho de socialização.

Vale lembrar que se você decidiu ter um cão em casa para ajudar uma criança autista é necessário ter atenção às necessidades do cão, pois um cão estressado jamais vai conseguir ajudar alguém.

O cão precisa passear regularmente e ter uma boa rotina, mas acima de tudo é necessário ter a certeza de que você quer o cão e até conversar com um adestrador ou o médico da criança, pois trazer o cão para casa e depois abandoná-lo ou devolvê-lo é uma péssima atitude e abandono de animais é crime.