Início Pelo Brasil Greve Geral contra reforma da previdência vira manisfesto “Lula Livre” pelo Brasil

Greve Geral contra reforma da previdência vira manisfesto “Lula Livre” pelo Brasil

615
0

Manifestações que fazem parte da greve geral contra a reforma da Previdência e cortes na educação nesta sexta-feira afetam rodovias federais e estaduais que cortam todo Brasil, algumas cidades ficaram sem transporte e sem serviços públicos, um verdadeiro caos.

Mas pelo Brasil todo, o protesto contra a reforma da previdência virou um manifesto “Lula Livre”, onde com cartazes e panfletos, o ex-presidente que está preso ainda é adorado por parte de seus eleitores.

Na Bahia, grupo de sindicalistas e estudantes bloqueou a avenida Antônio Carlos Magalhães, via mais movimentada de Salvador, por volta das 9h30 desta quarta-feira (14).

Houve um princípio de confusão entre manifestantes e motoristas que tentaram furar o bloqueio. Motos usaram o canteiro central da avenida para atravessar o protesto.
Os manifestantes estavam concentrado desde o início da manhã na avenida Heitor Dias, na região da Rótula do Abacaxi, de onde saíram em passeata por volta das 9h até a frente do Shopping da Bahia, onde o tráfego foi fechado.

Acompanhados por um carro de som, os manifestantes exibiam cartazes contra a reforma da Previdência e a favor da soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O dia de greve geral, organizada pela CUT e demais centrais sindicais – CTB, Força Sindical, CGTB, CSB, UGT, Nova Central, CSP-Conlutas e Intersindical, é de transtorno para que trabalhadores consigam chegar ao trabalho. No entanto, a paralisação é parcial. Na capital paulista, os trens da CPTM e os ônibus circulam normalmente. No Metrô, há estações fechadas. Em outras cidades do país, como Sorocaba, no interior de São Paulo, e Salvador, há relatos de manifestações com fechamento de vias ou circulação parcial de transporte público. Há atos em 21 estados e no Distrito Federal, segundo registros das centrais sindicais nas redes sociais.