Mundo

Estudante finge ser inspetor de qualidade e come de graça por um ano em lanchonetes

Um estudante universitário de 27 anos fingiu ser inspetor de qualidade da KFC e, durante um ano, comeu de graça em filiais da rede de lanchonetes da província de KwaZulu-Natal (África do Sul).

O estudante, que não teve a identidade revelada, apresentava-se de terno e gravata aos gerentes das filiais e exibia um cartão (falso) de funcionário da KFC. Em seguida, ele pedia refeições com o suposto objetivo de verificar a qualidade do alimento.

Em algumas ocasiões, o golpista chegava a lanchonetes de limousine – dirigida por um comparsa que trabalhava em um serviço de aluguel de carros de luxo.

“Quando ele chegava, nós tentávamos fazer o nosso melhor para não sermos repreendidos”, disse ao site “Xpouzar” um funcionário da rede.

O estudante também entrava nas cozinhas e fazia “anotações” sobre o que estava vendo.
“Ele pedia para experimentar tudo”, afirmou o funcionário.

O golpe acabou desmascarado e o universitário foi preso. Nas redes sociais, entretanto, ele foi saudado como “mito”.

To Top