Energia de quatro bairros da Zona Norte será temporariamente interrompida no domingo (7/4) devido às obras de implantação do BRT

Durante o período de suspensão, agentes da Urbes irão orientar o trânsito e geradores garantirão o funcionamento do semáforo na rotatória na altura do número 2571

Para avançar com a implantação das estações do BRT (Bus Rapid Transport), projeto que prevê um transporte coletivo mais moderno, confortável, com deslocamentos mais ágeis e que seguirá por corredores exclusivos na avenida Itavuvu, neste domingo (7/4), das 7h30 às 16h, ocorrerá a interrupção do serviço de energia elétrica nos bairros Vila Formosa, Jardim Altos do Itavuvu, Jardim Maria Eugênia e Jardim Maria Antônia Prado, situados na zona norte da cidade.

A suspensão temporária de energia será necessária para a implantação das obras da Estação Maria Eugênia. A construção do BRT é mais uma ação do governo municipal e da iniciativa privada por meio da Secretaria da Mobilidade e Acessibilidade e cuja operação será fiscalizada pela Urbes – Trânsito e Transportes.

Essa intervenção faz parte do cronograma para a remoção dos postes da CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), que já notificou seus clientes que serão afetados. Durante o período de remoção, os agentes de trânsito da Urbes-Trânsito e Transportes darão suporte às equipes da CPFL com a sinalização e orientação do trânsito para que os caminhões possam utilizar a faixa de rolagem da direita nos dois sentidos. O semáforo da rotatória que fica localizado na altura do número 2571 funcionará normalmente com a ajuda de geradores da Urbes.

O BRT é um sistema de mobilidade urbana moderno que oferece conforto, segurança e eficiência tornando os deslocamentos 20% mais rápidos do que os atuais. A população será beneficiada com veículos novos equipados com ar-condicionado, wi-fi gratuito e câmeras de segurança 24h. Além disso, os passageiros terão a comodidade de acessar 28 estações preferenciais, 4 estações de integração, 3 terminais e 96 pontos de parada, permitindo ainda a integração com os Terminais Santo Antônio e São Paulo, com as seis áreas de transferências e a integração temporal entre diferentes linhas com o pagamento de uma única tarifa.

A administração do BRT Sorocaba, juntamente com a Urbes e a CPFL, solicita a compreensão de todos durante o período de implantação do sistema BRT. Com a chegada desse sistema, a região também passará por uma requalificação da paisagem urbana contribuindo para o aumento da mobilidade, acessibilidade, confiabilidade e segurança no transporte de Sorocaba.

FONTE: Divulgação