Motivos Para Acreditar

COVID-19: ONG cria pias portáteis para moradores de rua lavarem as mãos

Sem acesso a medidas básicas de saúde, como lavar as mãos, essas pessoas ficam mais expostas ao contágio do Covid-19.

Cientes dessa carência, Terence Lester, diretor da ONG Love Beyond Walls e o rapper cristão Lecrae, se uniram para montar e distribuir estações de higienização de mãos para os moradores em situação de rua de Atlanta (EUA).

Foto: Nikki Barjon/Reach Records

Estações de higienização das mãos
A missão da ONG Love Beyond Walls (“Amor Além dos Muros”, em tradução livre) é “restaurar a dignidade dos sem-teto e dos pobres, fornecendo serviços de ouvidoria, visibilidade, abrigo, comunidade e serviços de limpeza e apoio em busca da autossuficiência”.

A ideia da instalação de pias portáteis pela cidade veio após uma conversa telefônica entre Lester e Lecrae.

“Quando a pandemia começou, pensei: ‘O que a comunidade de moradores de rua está fazendo com esses avisos?’”, disse Lecrae.

Higienizar as mãos constantemente é fundamental. Daí a ideia das estações de higienização. Ao todo, 15 pias foram montadas e espalhadas pela cidade.

Foto: Nikki Barjon/Reach Records

Distribuição de comida
A cada instalação, Lester e Lacrae também disponibilizava comida para os moradores, cientes de que muitos passam por necessidades. Sanduíches, bebidas e “muitos, muitos cheeseburgers” foram entregues.

Cada estação portátil de lavagem das mãos contêm 5 galões de água e um dispensador de sabão integrado. Os galões e os dispensadores podem ser recarregados a qualquer tempo e as estações podem ser realocadas posteriormente.

Foto: Nikki Barjon/Reach Records

Trabalho de conscientização
Além de fornecer as ferramentas para evitar o contágio, Lecrae e Lester ensinaram aos sem-teto como higienizar corretamente as mãos e prestaram esclarecimentos mais técnicos e detalhados sobre a pandemia de coronavírus.

Eles relataram que a maioria dos moradores de rua tinha uma ideia “apenas vaga” do que estava acontecendo, principalmente porque as lojas já estavam fechadas, e estavam cheios de dúvidas.

Foto: Nikki Barjon/Reach Records

“Atlanta é uma cidade importante. Tudo aqui é grande: o amor, a hospitalidade, mas também os problemas” disse Lecrae, 40 anos. “A cidade me mostrou muito amor, então eu queria mostrar de volta”, concluiu.

Veja o vídeo legendado sobre a iniciativa: