Início Sorocaba ZF do Brasil anuncia que abrirá vagas para repor demitidos por justa...

ZF do Brasil anuncia que abrirá vagas para repor demitidos por justa em Sorocaba

18947
0

A ZF do Brasil, em nova nota oficial divulgada nesta segunda-feira (15), anunciou que abrirá vagas para repor os funcionários demitidos por justa causa, de forma gradual, no decorrer dos próximos meses.

No total, são 150 vagas a serem preenchidas. Segundo a multinacional, as demissões ocorridas na última quinta-feira (11) tiveram uma abrangência sem qualquer distinção em níveis hierárquicos ou funções exercidas.

VOCÊ PODE ENVIAR SEU CURRÍCULO PARA ZF DO BRASIL, CLIQUE AQUI!

O caso dos funcionários que supostamente apresentaram atestados médicos falsos por meio da clínica de acupuntura, no qual um médico que é investigado, foi protocolado pela ZF junto ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público. A clínica em questão, segundo a empresa, não é credenciada ao plano de saúde oferecido pela ZF do Brasil, desde de outubro de 2016, quando a operadora contratada realizou o descredenciamento.

A empresa alegou haver uma “ampla rede de hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais médicos credenciados e disponíveis no plano de saúde oferecido aos colaboradores, o grupo de pessoas em questão optou, por sua livre iniciativa, em utilizar a Clínica com custeio próprio”.

A ZF também afirmou ter prestado os esclarecimentos necessários e disse continuar à disposição do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal).

Por fim, na nota, a ZF “reitera a sua plena confiança na postura ética de seus colaboradores. Todavia, a denúncia exposta no programa “Fantástico” da Rede Globo, em 23.06.2019, motivou uma verificação interna em nossas unidades na região de Sorocaba, na qual foi constatada a apresentação de aproximadamente 4.000 atestados médicos do mesmo profissional responsável pela Clínica, por um grupo isolado. Em alguns casos identificou-se a apresentação de 60 atestados por uma única pessoa, correspondendo a 128 dias de ausência”.

FONTE: IPA ONLINE